.Maníaco do Parque.

01/04/2010 at 02:57 (Uncategorized)

Em 1998 divulgaram que o grande campeão de cartas da Casa de Custódia e Tratamento de Taubaté, em SP, seria o famoso Francisco de Assis Pereira, o Maníaco do Parque, detido por estupro, assassinato e violento atentado ao pudor de nove mulheres.

Porém, as cartas não eram de violência e repúdio, e sim de amor, escritas por mulheres nunca vistas por ele antes.

E o mais incrível, Francisco casou-se com uma das autoras!

A partir desse fato, Gilmar Rodrigues, jornalista e roteirista de TV, pesquisou durante quatro anos sobre o porquê de uma mulher se apaixonar por condenados por crimes sexuais, e lança agora seu primeiro livro, “Loucas de Amor- Mulheres que amam serial killers e criminosos sexuais”, trazendo ao público um assunto pouco conhecido porém muito curioso.


“As mulheres que se correspondem com o Maníaco do Parque dificilmente falam em sexo. Quanto mais perigoso, sanguinário e sexualmente predador, mais elas desenvolvem uma visão romântica deles” – Gilmar.


A pesquisa engloba mulheres dos mais diversos gêneros, que foram capazes de considerar assassinos e estupradores como objetos de desejo.


“Em vez de encontrar duas ou três respostas diretas para esta questão, elas se multiplicaram em cada caso, cada vida. Em mim sobrou uma profunda tristeza. Um retrato perturbador da solidão e da miséria humana” – Gilmar.


No livro encontram-se cartas amorosas e depoimentos de especialistas, além de contar com mais 30 páginas de quadrinhos feitos pelo desenhista Fido Nesti, da revista New Yorker.

Agora em 2010 está previsto o lançamento da continuação, “Loucas de Amor HQ”.


LOUCAS DE AMOR – Mulheres que amam serial killers e criminosos sexuais
Editora Ideias a Granel
Autor: Gilmar Rodrigues
Ilustração: Fido Nesti

Anúncios

Link permanente Deixe um comentário